EgiptologiaBrasil
Bem-vindo ao fórum Egiptologia Brasil! Zen

Faça seu cadastro ou login gratuitamente.
Ao se cadastrar, você ganhará o direito de escrever mensagens, responder e publicar tópicos, tirar suas dúvidas e muito mais.

O cadastro leva menos de um minuto.


Atenciosamente, Equipe Egiptologia Brasil.
Acompanhe no Facebook
Conectar-se

Esqueci minha senha

Os membros mais ativos do mês


Pepi I (VIª Dinastia)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pepi I (VIª Dinastia)

Mensagem por Carlinhos Suzin ® em 17th Outubro 2014, 9:09 am

Pepi I foi o terceiro rei da VI dinastia egípcia.
Pepi era filho do rei Teti e de Iput, rainha que se pensa ter sido uma filha de Unas, o último rei da V dinastia. Uma vez que Pepi era demasiado novo quando ascendeu ao trono, a sua mãe exerceu a regência durante algum tempo. É provável que o antecessor de Pepi, Userkaré, tinha sido um usurpador que participou numa trama que levou à morte de Teti, sendo com Pepi restabelecida a legitimidade dinástica.
De acordo com o historiador Manetão, terá reinado durante cinquenta anos.
O seu prenome (nome de coroação) foi de início Nefersahor, mas Pepi alterou-o depois para Meriré, o que significa "Amado de Ré".
Teve três esposas, Ueretimtés, Ankhenesmeriré I e Ankhenesmeriré II. A primeira teria preparado uma conspiração contra Teti, como sugerem as alusões feitas por Uni, seu alto funcionário. Quanto às duas últimas, com as quais casou nos últimos anos da sua vida, eram filhas do funcionário provincial de Abido Khui, o que demonstra a crescente influência dos altos funcionários durante este período. Estas duas rainhas foram mães de Merenré I e de Pepi II respectivamente. Com Ankhenesmeriré I teve também uma filha, Neit.
Durante o seu reinado foram combatidas na região do Sinai e no Delta do Nilo as habituais incursões de povos estrangeiros ao Egipto. O general Uni comandou mesmo uma expedição militar na região da Palestina com objectivos de pacificação.
O complexo funerário de Pepi I localiza-se em Sakara sul, apresentando uma estrutura semelhante à do complexo de Teti. À semelhança das pirâmides de Unas e de Teti, foram gravados nas paredes da estrutura os Textos da Pirâmides, fórmulas mágicas e religiosas funerárias. O monumento funerário recebeu o nome de Mennefer-Pepi ("É permanente a beleza de Pepi"), o que está na origem do nome moderno da cidade de Mênfis.


Membro Honorário
avatar
Carlinhos Suzin ®
Membro Honorário

Masculino
Mensagens : 82
Reputação : 9
Idade : 13
Data de inscrição : 04/10/2014
Inspirado

Respeito às Regras :
100 / 100100 / 100


Ver perfil do usuário http://asantigascv.blogspot.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum